ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 03/03/2021

Após cobrança, Vired anuncia redução das metas e reforço na prevenção à Covid-19



Depois de diversas cobranças das entidades que representam os bancários da Caixa, o vice-presidente de Rede de Varejo, Paulo Henrique Angelo Souza, em live na segunda-feira (1), anunciou diversas medidas, como a redução das metas, dotação para pagamento de horas extras e reforço nas medidas de prevenção à Covid-19.

“Foram apresentadas mais de 60 alterações e isso é bastante positivo”, explicou o diretor-presidente da Apcef/SP, Leonardo Quadros. “Mas ainda precisam ser ampliadas as medidas de cuidado com a saúde e a vida dos trabalhadores, tanto empregados Caixa quanto prestadores das empresas terceirizadas. Nos últimos dias foram registradas novas mortes e aumento crescente do número de empregados contaminados pela Covid-19. O próximo passo da direção da Caixa deve ser a revisão dos protocolos, já que a situação está alarmante”, acrescentou.

O Sindicato dos Bancários de Catanduva e região também tem denunciado sistematicamente a gestão pelo medo praticada pela direção da Caixa, com metas desumanas e assédio aos empregados, além de alertar para o agravamento da pandemia no país e seus reflexos para os trabalhadores bancários, que seguem na linha de frente se arriscando para atender a população, sobretudo os empregados da Caixa.

"Até agora, pelo menos 40 empregados da Caixa foram vitimados pela doença, mais do que os 19 registrados entre março e dezembro do ano passado, demonstrando o momento crítico que temos passado, o descaso do Governo Federal e da gestão do banco público para com seus trabalhadores e a população. Com o aumento expressivo no número de mortes pela covid-19 entre os trabalhadores (e também no país), o Sindicato reivindica o reforço no protocolo de Covid nas agências e a ampliação do home office", reforça o diretor da entidade, Antônio Júlio Gonçalves Neto.

Ofício ao Conselho de Administração – Dentre as diversas cobranças feitas pelas entidades, a Apcef/SP enviou ofício, em 22 de fevereiro, aos cuidados da Conselheira de Administração eleita pelos empregados, Maria Rita Serrano, com diversas denúncias e pedidos de providências. Maria Rita Serrano entregou documento da Apcef/SP e ratificou, para a direção do banco e conselheiros, a necessidade de melhoria nas condições de trabalho dos empregados.

Entre os fatos abordados estavam o sistemático aumento nas metas atribuídas às agências pela Vired e o abrandamento das medidas de prevenção ao contágio pela Covid-19 em meio ao crescimento do número de novos casos e de falecimentos de colegas da Caixa, como a determinação de reduzir a quantidade de empregados em home office e o número cada vez menor de trabalhadores da Rede que realizam o “rodízio”.

Rita Serrano informou, na época, que o documento foi entregue para os conselheiros e o presidente, e que seriam avaliadas ações para os assuntos apontados. “Instalação das barreiras de acrílico em todos os locais de atendimento a clientes, redução da jornada, ampliação do home office e aumento do número de empregados em rodízio precisam ser prioridades neste momento preocupante da pandemia da Covid-19”, reforçou Leonardo Quadros.

Procure o Sindicato

Denuncie as metas desumanas! Entre em contato com o Sindicato e informe as metas ou assédios que você está sofrendo.

> Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? CLIQUE AQUI e denuncie. O sigilo é absoluto.

> Você pode entrar em contato diretamente com um de nossos diretores através de seus contatos pessoais. Confira: Roberto Vicentim - (17) 99135-3215, Júlio Trigo - (17) 99191-6750, Antônio Júlio Gonçalves Neto (Tony) - (17) 99141-0844, Sérgio L. De Castro Ribeiro (Chimbica) - (17) 99707-1017, Luiz Eduardo Campolungo - (17) 99136-7822 e Luiz César de Freitas (Alemão) - (11) 99145-5186

> Redes Sociais: nossos canais no Facebook e Instagram estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

> Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa linha de transmissão no WhatsApp. Adicione o número (17) 99259-1987 nos seus contatos e envia uma mensagem informando seu nome, banco e cidade em que trabalha.
 



Fonte: Apcef/SP
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO