ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 03/03/2021

Após negociação com entidades, Santander cria canal de denúncia de violência de gênero



O Santander implementou um canal de atendimento às mulheres vítimas de violência de gênero. O serviço é uma conquista da categoria assegurada na CCT dos bancários de 2020 e agora foi finalmente colocado em prática pelo banco espanhol.

Através do canal, o Santander oferecerá ajuda psicológica para além da cobertura do convênio médico para a vítima e sua família, além de assistência jurídica e financeira, caso seja necessário. O banco também auxiliará no encaminhamento à delegacia da mulher e na transferência de local de trabalho e residência. O atendimento é sigiloso e poderá ser feito através do Pape, pelo telefone 0800 723 44 72, disponível 24h.

"Este é um importante avanço para as trabalhadoras bancárias e mais uma conquista fruto da negociação coletiva, sendo o Brasil o quinto país com maior número de casos de feminicídio. Embora já tivessem ocorridos atendimentos deste assunto anteriormente, com a CCT da categoria se estabeleceu um protocolo especializado para o tema. Ações como essa são muito importantes, pois mostram claramente o compromisso com esta luta que é de todos nós", avalia o diretor do Sindicato dos Bancários de Catanduva e região, Luiz Eduardo Campolungo.

Agora, as entidades sindicais também reivindicam que gestores sejam treinados para identificar e saber lidar com funcionárias vítimas da violência doméstica.

 



Fonte: Seeb SP, com edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO