ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 07/10/2020

Representantes dos trabalhadores cobram abono para demitidos em setembro



Bancários demitidos pelo Santander no mês de setembro denunciam que não receberam o abono de R$ 2 mil, conquista da Campanha Nacional dos Bancários 2020. O não pagamento que fere o acordo assinado em 4 de setembro que determina que o abono deve ser pago aos trabalhadores que estivessem com contratos ativos em 31 de agosto deste ano.

“Para os empregados ativos em 31.08.2020 será concedido um abono único, desvinculado do salário, de caráter excepcional, no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), a ser pago até o dia 30.09.2020”, diz a cláusula 68 da Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2022. Os trabalhadores demitidos precisam enviar e-mail ao RH do banco solicitando o abono, conforme consta na mesma cláusula.

Assim, o movimento sindical reivindica que o banco pague o abono a estes trabalhadores com urgência, pois, além de demitir em meio à pandemia e uma crise econômica sem precedentes, o Santander desrespeita direitos estabelecidos na Convenção Coletiva de Trabalho, que assinou e tem de respeitar.



Fonte: Seeb SP, com edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO