ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 02/10/2020

Empregados da Caixa poderão fazer o teste para a Covid-19 durante o mês de outubro



Empregados Caixa em trabalho presencial ou remoto poderão fazer o teste para detectar a covid-19 durante o mês de outubro. A testagem é parte de uma ação preventiva de saúde e segurança no trabalho, e contempla os testes de IgM e IgG. A medida foi uma reivindicação do Comando Nacional e da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), que representam o Sindicato nas negociações com o banco. A realização do teste é opcional e gratuita. Para os casos em que não há laboratório credenciado, haverá reembolso.

De acordo com o e-mail enviado aos empregados, o objetivo da ação é mapear os empregados e regiões com maior exposição ao novo coronavírus. Além disso, o banco público busca informações para melhorar os protocolos de prevenção ao contágio da doença.

A coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt, ressaltou que a testagem foi uma reivindicação antiga do Comando Nacional e da Comissão. "Os empregados estão expostos ao contágio da covid-19, principalmente aqueles que estão atuando na linha de frente do pagamento do auxílio emergencial. Uma política de testagem dos empregados vem sendo cobrada pela Comissão há tempo. É uma política sanitária que precisa ser feita e uma questão de proteger a vida dos trabalhadores", afirmou Fabiana.

O diretor do Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região, Antônio Júlio Gonçalves Neto, também ressalta a importância da testagem em massa no combate ao coronavírus. "Com o alastramento da pandemia, o número real de trabalhadores que contraíram a doença pode ser bem maior do que se tem nos balanços oficiais. Há, ainda, uma grande preocupação com os casos assintomáticos, em que a pessoa continua transmitindo o vírus por vários dias sem ter consciência do perigo", explica o diretor.

"Reivindicamos há tempos o compromisso de que os trabalhadores da Caixa possam realizar o teste para diagnosticar a Covid-19. Os testes podem dar segurança para toda a equipe, além de possibilitar ao banco aprimorar as políticas de prevenção, evitando o fechamento constante de unidades e protegendo os trabalhadores e a população da contaminação. É importante também continuar adotando as medidas de proteção no local de trabalho e da higienização ao chegar em casa, fazer o uso da máscara, do álcool gel e do distanciamento social sempre que possível", acrescenta Tony.

A ação acontece entre os dias 5 e 30 de outubro. Os empregados interessados podem buscar pelos laboratórios credenciados disponíveis no site https://pessoas.caixa, menu Empregado, Saúde e Bem Estar. Nos casos de cidades onde não há laboratório credenciado pela Caixa é previsto reembolso de até R300. A testagem será custeada pela Saúde Ocupacional.

Caso tenha qualquer dificuldade na realização dos testes, entre em contato com o Sindicato pelo (17) 3522-2409 ou através do WhatsApp (17) 99259-1987.

Trabalhadores que tiveram contato direto com funcionários infectados devem ser imediatamente afastados. Paralelamente, agências e demais locais de trabalho onde tenha havido casos devem ser isolados e devidamente higienizados. "Está com problemas na sua agência? Suspeita de contaminação? Testou positivo para o Covid-19? Entre em contato imediatamente com o Sindicato para que a entidade possa tomar todas as medidas necessárias e cobrar do banco o cumprimento dos protocolos", conclui o diretor. 

Você também pode entrar em contato diretamente com um de nossos diretores através de seus contatos pessoais. Confira:
  • Roberto Vicentim - (17) 99135-3215
  • Júlio Trigo - (17) 99191-6750
  • Antônio Júlio Gonçalves Neto (Tony) - (17) 99141-0844
  • Sérgio L. De Castro Ribeiro (Chimbica) - (17) 99707-1017
  • Luiz Eduardo Campolungo - (17) 99136-7822
  • Luiz César de Freitas (Alemão) - (11) 99145-5186



Fonte: Fenae, com informações da Apcef/SP e edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO