ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 26/08/2020

Banesprev tenta intimidar representante eleita

 
 

 

Na segunda semana de agosto, os dirigentes do Banesprev tentaram intimidar a representante eleita, coordenadora do Comitê Gestor do Plano II, Lucia Mathias, com uma notificação descabida, assinada pelo seu presidente e pela diretora de seguridade, com ameaças rasas e sem fundamento. A intimidação voltou a ocorrer esta semana. A reportagem é da Afubesp

O assunto chegou a ser comentado na sétima live sobre os Perigos do Plano CD

Na tentativa de fazer valer seus objetivos, que são retirar direitos conquistados de aposentados idosos (muitos deles em idade bem avançada, em plena pandemia mundial do Covid-19) com a falsa alegação que “jamais deixou de atender os questionamentos do Comitê Gestor”, chegaram a invocar o Código de Ética da entidade para tentar intimidar a representante eleita.

> Santander quer se apropriar de parte reajuste dos aposentados

O Comitê Gestor encaminhou correspondência para o Banesprev no dia 15 de julho, alertando para que fosse cumprido o regulamento do plano de benefícios. Ou seja, é necessário reajustar as complementações dos aposentados, conforme previsto no Regulamento do Plano II em seu artigo 17. A resposta negando o direito previsto no regulamento foi encaminhada apenas no dia 28/7/2020.

Como os representantes eleitos do Comitê Gestor do Plano II já haviam solicitado reunião extraordinária do órgão para entender a proposta de criação do Plano CD (Contribuição Definida), no meio do mês de junho, e nem sequer tiveram resposta, a coordenadora noticiou a postura desta gestão em um site da Baixada Santista, um dia antes da negativa. Desta forma, fez jus ao mandato que a confiaram, a de representar os participantes no Fundo de Pensão.

Na notificação, os gestores do Banesprev ainda falaram de compromisso com a transparência e informaram sobre ganho atuarial observado no resultado final de 2019. Estranhamente, a notícia foi publicada só agora em julho de 2020, após as cobranças dos representantes eleitos.

Importante lembrar que após a negativa do Banesprev, a diretoria executiva soltou um comunicado em seu site que iria utilizar o resultado favorável das contas para diminuir o saldo devedor dos déficits contratados, com redução das contribuições extraordinárias.

Em um primeiro momento, pode parecer bom diminuir o valor pago com contribuição extraordinária. Porém, esse método, além de irregular porque descumpre o regulamento, ainda prejudica o assistido (que não terá valor acrescido mensalmente) e colabora com o banco que irá também diminuir a parte dele no pagamento dos déficits passados.

Caso não a representação não estivesse vigilante, tudo ficaria como está, os aposentados sem os devidos aumentos regrados em contrato, a Previc recebendo a proposta de criação de um novo plano de benefícios com as Reservas Matemáticas dos participantes aposentados subavaliadas, podendo o prejuízo se maior ainda.

Este tipo de atitude, além de não intimidar a representação, apenas serve para referendar que o plano de benefícios que estão tentando aprovar não é bom para os participantes e assistidos.

Baixe aqui o material disponibilizado pela representante eleita que é coordenadora do Comitê Gestor do Plano II.



Fonte: Afubesp
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO