ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 17/10/2019

Caixa divulga regras de assistência à saúde por reembolso para os novos contratados



A Caixa divulgou, na última sexta-feira (11), a RH 227, com as regras para reembolso com despesas médicas, para os contratados após 31/08/2018.

A publicação é fruto da pressão do movimento sindical para que a Caixa cumprisse o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018/2020, uma vez que os empregados contratados após a data acima estavam sem qualquer tipo de assistência. A Contraf-CUT, inclusive, entrou com ação judicial visto que nas mesas de negociação permanente, a Caixa não dava um prazo para essa publicação.

“Por nossa solicitação, o reembolso será retroativo necessitando o empregado comprovar a contratação de plano de saúde do mercado”, afirmou Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura da Contraf-CUT e coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) de Saúde.

Apesar de não ferir o Acordo Coletivo vigente, entidades representativas dos trabalhadores continuarão lutando para que todos os trabalhadores da Caixa, independentemente de serem ativos, tenham o Saúde Caixa, nos moldes que ele existe hoje, e que ele se estenda aos seus dependentes.

"Estamos moblizados para garantir que nenhum trabalhador perca o direito à assistência e ao plano de saúde. O ataque do governo não é apenas contra o plano de saúde dos empregados da Caixa. Trata-se de um projeto que visa desmontar o banco público e acabar com os direitos dos trabalhadores. Não vamos permitir mais um retrocesso. Lutamos para manter o nosso plano de saúde, o Saúde Caixa como ele é hoje e para que ele seja o plano de todos os trabalhadores do banco público", defende o diretor do Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região e empregado da Caixa, Antônio Júlio Gonçalves Neto.



Fonte: Fenae, com edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO