ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 12/09/2019

Frente Parlamentar em Defesa da Mulher é lançada na Alesp


(Foto: Divulgação)
 

Em protesto contra o aumento dos crimes de feminicídios, em São Paulo, foi lançada, na quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher.

Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde mostram que o feminicídio e as situações de violência contra as mulheres subiram 220% nos primeiros sete meses do ano.

O levantamento revela ainda que, entre janeiro e julho de 2018, 71 mulheres foram assassinadas no estado de São Paulo. No mesmo período de 2019, 227 mulheres foram vítimas da violência.

Para debater essa realidade, participaram do evento a deputada Beth Sahão, a cantora e compositora Ana Cañas, a escritora e pesquisadora Juliana Borges, a professora da USP e gestora pública Ana Estela Haddad, a professora de psicologia da PUC São Paulo, Ana Bock, a ex-desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian, a socióloga e ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Dilma, Eleonora Menicucci, a Secretária Sub Regional da Internacional de Serviços Públicos ISP-Brasil, Denise Mota Dau e a presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, Ana Amélia Mascarenhas Camargos, além de representantes de 20 entidades.



Fonte: Contraf-CUT, com edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO