ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 14/09/2018

Saiba por que votar NÃO na proposta do BB para a Cassi. Votação tem início no dia 24



 
As mudanças sugeridas pelo Banco do Brasil para o custeio da Cassi oneram todos os associados, transformando a contribuição extraordinária em permanente e estabelecendo cobrança por dependente. Além disso, o banco propõe mudanças na governança da Cassi, acabando com a paridade na gestão, com duas diretorias nas mãos de representantes do mercado e o voto de minerva para o banco.

Assista a esta animação e entenda o que está em jogo na proposta de reforma estatutária apresentada pelo banco que será deliberada pelos associados da Cassi, aposentados e da ativa, a partir do dia 24 de setembro.

O Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região, junto às demais entidades representativas dos trabalhadores do BB, orienta o corpo social da Cassi a rejeitar a proposta do banco, votando NÃO e apresenta alternativas para garantir a sustentabilidade da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil. A votação se encerra em 5 de outubro.

O presidente do Sindicato, Roberto Carlos Vicentim, ressalta que é impossível aceitar e concordar com uma proposta construída na surdina e sem debate com as entidades sindicais e associativas que, de fato, possuem compromisso com os associados da Cassi.

"A direção do BB se une aos novos dirigentes eleitos para mais uma vez, de forma oportunista, passar por cima dos direitos dos associados. Orientamos a não aprovação da proposta e conclamamos todos a se unirem contra mais esta arbitrariedade promovida pelo BB", explica Vicentim.

Proposta do BB para Cassi: Sindicato orienta voto NÃO

Confira a edição especial do Jornal Espelho sobre as mudanças no Estatuto da Cassi



Fonte: Seeb SP, com edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO