ARTIGOS
 23/03/2018

Editorial: Chapa do Participante é garantia de compromisso com participantes e assistidos

Participantes e assistidos da Funcef vão votar, no período de 2 a 4 de abril, para eleger novos diretores e conselheiros. Diante do cenário enfrentado pela Fundação, o pleito torna-se ainda mais importante. O momento é crucial para a retomada do crescimento e para barrar propostas que ameaçam direitos dos verdadeiros donos do fundo de pensão.

De que lado representantes dos trabalhadores devem estar? Obviamente, dos trabalhadores. É por isso que a Chapa do Participante é a melhor opção. Enquanto seus integrantes são historicamente comprometidos com a defesa dos participantes e assistidos, as outras duas chapas concorrentes já deixaram claro que estão alinhadas com a direção da Caixa. Basta comparar propostas e analisar fatos recentes para chegar a essa conclusão.

Vejamos o caso do contencioso, maior fator de deficit da Funcef e que põe em risco a sustentabilidade dos planos de benefícios. A Chapa do Participante se compromete a cobrar o pagamento pela patrocinadora, via negocial ou por ações na Justiça. Uma das adversárias, porém, trata do assunto de forma genérica. Já a outra chapa é composta por membros que, na atual gestão, inviabilizaram medidas que poderiam ter iniciado a solução do problema.

O mesmo ocorre com a quebra da paridade no equacionamento do deficit do REG/Replan Não Saldado, medida recente que beneficiou a Caixa. Uma das chapas não comenta o tema, talvez para não contrariar diretores do banco. Os integrantes da outra são justamente os que subscreveram o Termo de Ajustamento de Conduta que acabou com a paridade. Já a Chapa do Participante promete lutar para anular as consequências do TAC e defender, de forma inegociável, o direito à paridade em todos os níveis e em todos os planos da Funcef.

A Chapa do Participante também é a única a firmar compromisso concreto pela incorporação do REB ao Novo Plano; por um Comitê de Investimentos independente, formado por participantes; pela manutenção do Fundo de Revisão de Benefícios (FRB) e do Fundo de Acumulação de Benefícios (FAB); pelo vim do nefasto voto de Minerva. E, acima de tudo, por uma Caixa Econômica Federal 100% pública e pelos direitos dos empregados do banco.

Por tudo isso, não há dúvidas de que a Chapa do Participante - formada por representantes de todos os segmentos dos trabalhadores, da ativa e aposentados - é a única capaz de defender os interesses dos participantes e assistidos da Funcef. Não está subordinada hierarquicamente à direção da Caixa e nem votou, em instâncias da própria Fundação, a favor dos interesses da patrocinadora.

Enquanto a Chapa do Participante, como o nome diz, estará sempre a favor dos participantes da Funcef, as duas concorrentes não hesitarão em defender os interesses da Caixa.  

Nas Eleições Funcef 2018, vote na Chapa do Participante!

Diretoria da Fenae

MAIS ARTIGOS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 avançar »
TOPO