SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE CATANDUVA E REGIÃO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 03/12/2021

7 de dezembro é Dia Nacional de Luta por melhores condições de trabalho na Caixa



 
Contra metas desumanas, assédio moral, falta de condições de trabalho e déficit de pessoal, trabalhadores e trabalhadoras da Caixa Econômica Federal realizam na próxima terça-feira (7), um Dia Nacional de Luta em Defesa da Caixa e dos seus empregados.

O ato está vai protestar também  contra o sucateamento do banco com objetivo de privatização.

"A situação está insustentável", denuncia o diretor do Sindicato dos Bancários de Catanduva e região, Antônio Júlio Gonçalves Neto, criticando a direção do banco e convocando os empregados para o Dia de Luta.

O movimento sindical tem recebido cada vez mais denúncias dos bancários sobre as condições de trabalho e o desrespeito aos direitos dos trabalhadores. O excesso de trabalho durante a pandemia, pelo visto, não foi uma exceção. "A gestão do caos da direção do banco é sistemática e não vamos permitir que os empregados sejam submetidos a tais condições”, complementou o dirigente.

“O que a direção da Caixa está fazendo é uma verdadeira política de terrorismo”, acrescenta a coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt. "Não há respeito aos direitos dos empregados e nem mesmo aos normativos do banco. A cada dia somos surpreendidos com denúncias e a direção da empresa não faz a menor questão de esclarecer. Tudo isso só aumenta a sensação de insegurança e medo nos empregados”,afirmou Fabiana.

Tony, diretor do Sindicato, reforça a importância da participação de todos nos atos públicos e atividades virtuais do dia 7, fundamental para conter o terrorismo na Caixa. 

"Aatual direção age em benefício próprio e em detrimento dos empregados e o desmonte do banco faz parte de um projeto que visa acabar com as políticas públicas no país, por isso a mobilização de todos é tão importante. Não vamos nos calar e assistir a tudo sem defender os trabalhadores. Queremos uma Caixa pública, fomentadora do desenvolvimento econômico e social, e que valorize e respeito seus empregados.”



Fonte: CUT, com edição de Seeb Catanduva
MAIS NOTICIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 avançar »
TOPO